Novos compressores Tesla ainda mais poderosos

Elon Musk confirmou que a próxima geração de superchargers da Tesla terá lugar neste verão. Um novo sistema que reduzirá drasticamente os tempos de carregamento de seus carros elétricos e o que for compatível.

Seu nome será Supercharger V3 , e embora eles não ousem aumentar sua potência de 120 kW para mais de 350 kW anunciados em 2016, eles terão entre 200 e 250 kW . Uma estratégia que parece responder à chegada de outros carregadores que poderiam ofuscar, como os carregadores de 150 kW da IONITY .

Os compressores não vêm sozinhos

O plano da Tesla não se limita a aumentar o poder de seus superchargers. Juntamente com eles, eles pretendem instalar seus próprios painéis solares e baterias Powerpack desconectados da rede elétrica. Um método que reduziria a pegada ambiental de seus carros e que, não estando conectado à rede, evitaria o conhecido “imposto solar” aplicado na Espanha.

Como Musk anunciou, a terceira geração de seus compressores será em torno de duas vezes o poder de hoje, ea razão pela qual eles tiveram que desistir de mais poder é que durante o desenvolvimento ter encontrado alguns problemas em termos de densidade de energia e o custo das baterias .

A competição pelos superchargers mais rápidos

A competição entre marcas não se limita à criação de carros elétricos mais rapidamente ou com mais autonomia. As redes de carregadores que as alimentam também é um aspecto em que as marcas precisam investir para não ficar para trás. Especialmente, porque é uma tecnologia em que outras marcas além do motor também competem , como o  AeroVironment com seu Turbo DX .

Sem ir mais longe, a já mencionada IONITY já anunciou que aumentará o poder de seus carregadores de até 350 kW . Figura que parece ter sido estabelecida como uma meta a ser alcançada por várias empresas. Além disso, não se esqueça que a IONITY foi criada pela aliança que a BMW , a Mercedes , a Volkswagen e a Ford fizeram para estas questões, pelo que tem o seu apoio.

Teremos que esperar para ver se é a Tesla ou a IONITY é a empresa que acaba criando uma rede funcional de 350 kW para seus usuários. O que está claro, é que permanecer o número um em mobilidade elétrica pode acabar sendo complicado para a Tesla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *