Como Importar Produtos Para Revender E Ganhar Dinheiro

Com o dólar voltando a cair mais e mais gente procura como importar produtos para revender e lucrar com isso.

Aqui separei uma introdução para você que quer começar nesse negócio, seja importando roupas, perfumes, suplementos ou qualquer outro produto que lhe interesse.

Nem sempre importar produtos esteve tão acessível para todo mundo como hoje. Sempre tinham problemas com fornecedores, cartões de créditos ou com a entrega. Mas com a globalização, a popularização da Internet e ferramentas como o Google Tradutor qualquer um pode importar com uma grande facilidade.

A maior vantagem em importar produtos é a variedade de produtos que você pode conseguir com preços bem inferiores do que os encontrados aqui no Brasil, seja importando da China ou dos EUA.

Não é muito difícil você encontrar na internet reportagens comparando os preços aqui no Brasil com o resto do Mundo, seja de um ninja jiraya  ou do mais novo iPhone. O resultado sempre é o mesmo: o Brasil está entre os primeiros a ter os produtos mais caros do Mundo.

Essa diferença enorme é tudo culpa dos altos impostos que nós temos que pagar que nos impede de comprar produtos de qualidade aqui no Brasil por preços razoáveis.

Indignado com essa realidade passei a procurar cada vez mais saber como importar produtos legalmente e que fossem originais para fugir de toda essa roubalheira.

Quando você aprende como importar produtos dos EUA ou da China, seja para uso próprio ou para revender, você encontra um mundo novo de possibilidades de produtos de alta qualidade. Encontrei revendedores confiáveis de perfumes, relógios, cosméticos, tênis e roupas de marcas famosas e suplementos que dava para comprar até 300% mais barato, as vezes até 200% mesmo pagando impostos!

Vou dividir algumas dicas com vocês de como importar esses produtos de forma segura e se o seu objetivo for revender, tendo um bom lucro.

Mas é importante deixar claro que nem todas as dicas são de graça, algumas fontes são vendidas em formas de cursos online em que o produtor do curso agrega uma grande comunidade e está sempre atualizando a lista de fornecedores confiáveis e tirando dúvidas. Dessa forma eu não posso passar as dicas de dentro do curso por respeito ao produto, mas posso recomendá-los e explicar suas vantagens para você.

Tudo esclarecido, agora vou explicar algumas dicas e alguns produtos que você pode importar muito mais baratos do que os encontrados aqui, algumas vantagens e desvantagens da importação.

Dica #1 – Importar produtos da China

Todo mundo associa produtos da China com produtos de baixa qualidade ou falsificados. Claro que existem produtos desse tipo lá, mas sabendo onde procurar você irá encontrar produtos originais por preços excelentes. Isso por que empresas com a Nike, por exemplo, escolher produzir seus produtos lá por que a mão de obra é muito mais barata do que em outros lugares do mundo.

Mas a China não é um dos melhores fornecedores de produtos originais, o objetivo de importar por lá é de encontra réplicas e a “muamba”. Produto de menor valor que podem ser vendidos aqui com um bom lucro, como bolsas, roupas, bijuterias, eletrônicos e seus acessórios.

Esses produtos são fáceis de encontrar no Deal Extreme e no AliExpress.com. Boa parte dos refendedores desses dois sites oferecem frete grátis aqui para o Brasil, o que já dá uma bela aliviada dos preços.

Então importar produtos para revender da China pode voltar a ser um bom negócio, o problema continua o mesmo que é o tempo que leva para chegar ao Brasil.

Dica #2 – Importar produtos originais dos EUA

Enquanto os produtos importados da China são de menor valor agregado (réplicas ou “muambas”), os importados dos EUA são produtos originais. Isso por que podemos comprar direto das lojas oficiais ou por revendedores pelo Ebay.

A questão em importar dos EUA é que muitas dessas lojas não mandam os produtos aqui para o Brasil, ou quando mandam o frente fica com um valor absurdo, deixando o valor final inviável. A alternativa é usar um serviço conhecido como Shipito que permite que tenhamos um endereço nos EUA em que podemos encaminhar nossas encomendas para lá. A empresa fica responsável de enviar para nós, a vantagem do serviço é que podemos economizar nas encomendas enviando vários produtos em uma única caixa, do que um produto por vez, e também por que algumas lojas oferecem frete grátis dentro do país.

Dica #3 – Quais produtos importar?

A variedade de produtos que você pode escolher para importar é enorme, desde que conheça os caminhos certos.

Os produtos mais comuns que são importados e que tem muita procura no mercado nacional são:

-Relógios de marcas famosas: Invicta, Bulova, Michael Kors, Tommy Hilfiger, Náuticas, Armani etc;

-Roupas de marcas famosas: Calvin Klein, Tommy Hilfiger, Anne Klein, Polo Ralph Lauren, Hollister, Michael Kors, Timberland, DKNY, Kenneth Cole, Lacoste, Aéropostale etc;

-Tênis: Nike, Adidas, Mizuno, Asics etc;

Eletrônicos, celulares, maquiagens e cosméticos em geral (Aussie e Victoria’s Secrets, por exemplo), perfumes e suplementos alimentares.

Com esses produtos da para ter até 300% de lucro revendendo-os.

Mas agora você deve estar querendo saber mesmo…

Afinal, como importar esses produtos?

Para importar você só precisar, basicamente, de um cartão para compras internacionais. Se você escolher começar importando da China, os sites que comentei já possuem até tradução para o português, o que já facilita bastante.

Já para importar dos Estados Unidos você irá precisar de um cadastro no Shipito e aprender a usar o Google Tradutor. Hoje em dia o inglês não precisa mais ser uma barreira para você ganhar uma renda extra.

Outro ponto que você tem que prestar atenção são as taxas alfandegarias. E é aqui que entra a ajuda de um expert em importação para que você tenha que pagar o menor valor possível, de forma legal.

Além de que um expert é capaz de indicar o processo e os melhores fornecedores para você ter um lucro considerável com a importação.

Como eu disse antes, não posso revelar os passos que aprendi em respeito aos criadores dos cursos, mas posso indicá-los para que você faça sua escolha, que nesse caso será:

1) Faz algumas pesquisas no Google e começa com a cara e a coragem importando, aprendendo do jeito que os professores dos cursos aprenderam, mas de forma mais lenta e arriscada OU

2) Escolhe algum curso, faz um pequeno investimento inicial e aprende a forma lega, rápida e segura para começar importando e já podendo ter lucro em até 02 meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *